18 de mar de 2012

Irã acusa tropas estrangeiras de favorecer o cultivo de drogas no Afeganistão



AO FINAL DA MATÉRIA LEIA O COMENTÁRIO DO FRANCOORP.

TEMA:  Geopolítica e Internacional.

EM FORMATO DE TEXTO.


As autoridades de controle de entorpecentes do Irã acusaram nesta sexta-feira as tropas estrangeiras no Afeganistão de terem favorecido o cultivo de drogas no país, o maior produtor de opiáceos do mundo, desde a ocupação em 2001 liderada pelos Estados Unidos, informou a agência oficial “Irna”.
Em reunião com Jan Kubis, representante especial das Nações Unidas para o Afeganistão, Taha Taheri, subchefe do Departamento de Controle de Drogas do Irã, disse: “Os países ocupantes, com o pretexto de ajudar o Afeganistão, apoiaram o cultivo de drogas, com o resultado de um aumento da insegurança”.
“Não há informações de qualquer operação de tropas estrangeiras contra a máfia da droga no Afeganistão, pelo menos nos dois últimos anos, e apenas no ano passado o cultivo de drogas cresceu 7%”, disse Taheri, cujo país é uma das principais vias de passagem da heroína afegã com direção a Europa.


O Irã é o segundo país, depois do Afeganistão, mais prejudicado pela dependência ao ópio e à heroína, com 1,2 milhão de pessoas afetadas, e o que confisca a maior quantidade de opiáceos no mundo, 41% do total, segundo dados do Governo iraniano e da ONU.
Teerã solicitou diversas vezes ajuda internacional para combater o tráfico de drogas procedentes do Afeganistão e, em julho, o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, pediu a colaboração das tropas da Otan para lutar contra as drogas no país.
Ahmadinejad afirmou então que o Irã estava disposto a cooperar no controle do cultivo de ópio no Afeganistão, em reunião em Teerã com o diretor do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC), Yury Fedotov.
“Se 10% do custo da guerra no Afeganistão fosse dedicado a controlar o ópio no país, a maior parte dos cultivos de papoula (da qual o ópio é extraído) e o tráfico de drogas poderiam ser controlados”, disse Ahmadinejad.
Segundo números da UNODC, 92% dos opiáceos produzidos no mundo que não possuem uso farmacêutico procedem do Afeganistão, que atualmente dedica mais espaço ao cultivo da papoula branca que a América do Sul ao cultivo da coca.
Além disso, o Afeganistão, segundo este organismo, é agora o maior produtor de haxixe do mundo.
O país recebe, segundo a UNODC, cerca de US$ 4 bilhões anuais de drogas ilegais, dos quais uma quarta parte pertence aos cultivadores, e o restante são repartidos pelas autoridades locais, organizações rebeldes, grupos armados e traficantes que transportam o material ao exterior.
As penas por tráfico de drogas no Irã são muito graves e é comum impor a pena de morte a pessoas detidas com quantidades relativamente pequenas de entorpecentes.
Um relatório divulgado esta semana pelo relator de Direitos Humanos da ONU para o Irã, Ahmad Saheed, afirma que das mais de 650 execuções realizadas no país em 2011, 81% foram por tráfico de drogas.
Saheed, que afirmava que as execuções no Irã tinham passado de 100 em 2003 a mais de 650 em 2011, pedia uma moratória da pena de morte no Irã para todos os delitos, que fossem trocadas as penas existentes de execução por apedrejamento e que se proibisse a execução de menores, como estabelece o direito internacional. (EFE)

Fonte: uol.notícias Via Plano Brasil.





E a novidade qual é???? 
.
Normal que apoiam o cultivo de drogas no Afeganistão, e não so lá, na Colômbia a produção só aumenta desde que as "Tropas" U.S.A. estão "Combatendo o Narco Trafico", em sua operação Guerra as Drogas.... assim como foi no Vietnam, Camboja, Coréia em primeiros anos de conflito, e etc... manter o povo Americano e Ocidental entorpecido é o objetivo primário em "época Belicosa", nada é mais importante que manter os cidadão capazes de refletir sobre as coisas e as realidades do mundo e da vida entorpecidos e Viciados em alguma droga, mesmo que seja legal como o álcool, que ao quanto parece não bastar mais para manter o povo distraído e divertido depois de tantas guerras pela liberdade!
.
Uma válvula de escape pra tanta pressão de guerra na população tem que estar sempre aberta... sempre!
.
Valeu!!

2 comentários:

  1. Ah, Francorp... O objetivo disso tudo é gerar pobreza e entorpecer para distrair, (pão e água, pânico e diversão), e desviar a atenção dos povos do que "eles" realmente desejam... Criar o Caos! Isso gera pânico e leva as pessoas a exigirem atitudes dos "governos" em defesa da sociedade. Assim vão "unindo" os povos, as moedas em uma só, etc... É a Nova Ordem Mundial. Ou seja... Eles provocam o Caos, geram o pânico, e depois se apresentam como os "Salvadores" de problemas que "Eles" mesmo criaram. É mole? - Cdor Heraldo Lage.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que é assim mesmo, manipulação pra alcançar os próprios fins... a humanidade não muda mesmo!

      Excluir