14 de mar de 2014

Poemas e Poesias 11: VOCÊ



Autor: Manoel Guilherme de Freitas.
Tipo: Texto.
Pasta: Educação e Artes (Acima nos Cabeçalhos)

Outro poema que é muito interessante vendo os tempos que correm... E mesmo assim com todos os pontoso positivos ainda tenho minhas duvidas, não gosto de chamar a atenção, vejo problemas nesse ponto, entre outros obviamente!

Talvez não seja o momento... Melhor me concentrar no trabalho!


Você



É tudo, é nada
quimera, defeito,
não faz com que
as pessoas te aceitem,
pudera que as pessoas
não fossem assim!

Você dificulta as coisas
no vai e vem,
sem construir alguém.
um amor de verdade.

É tédio, estresse
contudo, não reage.
nem relaxa.
tão pouco,
faz o mínimo
para que o amor aconteça!

Assim, é você
não quero depender
de um amor,
que nos faz sofrer!


Manoel Guilherme de FREITAS.



Aluno especial do PPGEL/UFRN/Doutorado.
Mestre em Língua Portuguesa. Bolsista da CAPES/PIBID/UERN.
Pesquisa encerrada e concluída com sucesso na PIBID/UERN.
Professor ensino médio/Língua Portuguesa. Poeta.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário