8 de jan de 2014

POEMAS E POESIAS 2: REVEILLON.




AUTOR: Manoel Guilherme de FREITAS.
TIPO: Texto.
PASTA: Educação e Artes (Acima nos Cabeçalhos).

SEGUNDA postagem da série "Poemas e Poesias" aqui no Blog do Francoorp.

RÉVEILLON



Escuro no claro,
claro no escuro,
coisas passadas no presente
o presente no passado.

É um querer vir/ser/fazer,
sem ao certo saber o quê,
as expectativas, as ambições, os sonhos,
filtram o nosso pensamento,
em função de um presente,
que não se sabe,
ao certo se vai acontecer!


É uma mística da história
que remontam os antigos,
pois chegam aos presentes,
sem uma explicação apropriada!


Contudo, é amor, união, interação,
pois na esperança do homem,
ele junta tudo a mesa
e iguala na caminhada.


Então, réveillon não há diferenças
entre as etnias, as minorias,
daí o grande barato,
através da alegria,
que contagia,
todos na passagem.


Manoel Guilherme de Freitas.
Aluno especial do PPGEL/UFRN/Doutorado. 
Mestre em Língua Portuguesa. Bolsista da CAPES/PIBID/UERN. 
Professor ensino médio/Língua Portuguesa. 
Poeta.

.....

Valeu!!
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário