12 de fev de 2014

Poemas e Poesias 6: LIBERDADE


Autor: Manoel Guilherme de Freitas.
Tipo: Texto.
Pasta: Educação e Artes. (Acima nos Cabeçalhos)

Vendo recentes fatos DE CENSURA E PERSEGUIÇÃO POLITICA QUE SOFRI ONTEM, onde o  elemento que me censurou e perseguiu sempre fala mal da esquerda em tudo e por tudo, foge sempre de perguntas difíceis, faz joguinhos de patrulhamento clássico na internet e ainda tenta ganhar proselitismo politico pra sua causa tentando ligar seus adversários políticos a um movimento internacional que trabalha contra o Brasil, e pra isso ignora evidencias de todos os tipos e só repete o mantra pra idiota útil acreditar, decidi publicar uma poesia do poeta dentro do tema, leia, vale a pena!!

Não foi a primeira vez que alguém não gosta da minha opinião e por isso me persegue e ainda se diz "Democrático"... E sei que não será a ultima também, então, lembre-se sempre: QUEM APONTA O DEDO DEMAIS PRO OUTRO, e tem muitas pedras na mão mas não reconhece méritos de ninguém e nada fora do mantra, tem mais a esconder e mais violência pra você... NÃO ACREDITE EM QUEM NEGA SEMPRE POR IDEOLOGIA, ele fará o mesmo com você se você se intrometer em seus interesses políticos!!

Valeu, e agora com o Poeta!!


LIBERDADE




Estou com fome,
estou com sede,
com vontade de mudar.

Ainda não proclamado,
o país oficial,
onde os sonhos fossem capazes.

A mídia é monopólio de uma classe social,
contudo, o povo assimila,
como verdade universal.

Quem poderia fazer algo,
esquece e não faz,
como as instituições sociais:
Escola, segurança, saúde,
no geral, são um caos.

A mídia é horrível,
e só faz o mau,
com seu jogo ideológico,
que reproduz o capital.

Neste contexto alienante,
coitado dos incapazes!
Sem ler nas entrelinhas,
o mau que isso traz.

Logo, não distingui o certo do mau.
Liberdade não é libertinagem,
pois aquela deve ser o suporte,
das mudanças sociais, que tanto se desfaz.


Manoel Guilherme de Freitas. Aluno especial do PPGEL/UFRN/Doutorado.
Mestre em Língua Portuguesa. Bolsista da CAPES/PIBID/UERN.
Professor ensino médio/Língua Portuguesa. Poeta.

Estará no livro: TRILHAS DO IMAGINÁRIO POÉTICO.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário