1 de set de 2010

Rafale C01, o Rafale Invisível ao Radar.

O Rafale C01 em sua cor Negra.

Autor: Francoorp



O Rafale C01 é um Rafale coberto de material RAM(Radar Absorbent Material) por esta razão é de cor Preta, dada a cor do Material RAM empregado. Este modelo do RAFALE foi testado com sucesso e realizou o primeiro voo em 19 de Maio de 1991, e este protótipo de pré produção possui características que visam à redução do RCS(Radar Cross Section) da aeronave, como a modificação das raízes das asas por exemplo, deixando-as com contornos mais arredondados, ou o revestimento interno do Canopy realizado em ouro, e ainda a junção do estabilizador vertical redesenhada levando o estabilizador mais pra baixo, e por fim o utilizo de uma tinta RAM(Radar Absorbent Material).  Com estas modificações visando a redução do RCS do vetor, chegou-se a uma assinatura frontal de apenas 0,1m2 e em outros ângulos pode chegar a 0,3m2. 


Perfil do Cockpit do Rafale C01


Este modelo é mais leve que o Rafale A (9.500kg) e tem também um cumprimento reduzido em um metro e ainda uma envergadura também reduzida de 1,15 Mts e a abertura alar reduzida de 2Mts quadrados.


O Rafale C01 em voo sobre o Oceano.

Em termos de Aerodinâmica a asa em si foi simplificada, retornando à asa em delta deste modelo a ser  estendida por um ápice (ponto mais distante de um triângulo) para a entrada de ar. cauda foi encurtada e a sua junção com a fuselagem foi revista, deslocando a entrada de ar da base dos eixos auxiliares da cauda (típico da Tornado e Typhoon) um pouco mais para o alto. Enquanto que os canard's foram modificados e agora servem como spoilers.O nariz é mais largo, para acomodar o radar RBE2, mas principalmente inclinado para baixo, para facilitar a visibilidade durante os pousos em Porta Aviões.E finalmente, o espaço entre os reatores foi aumentado. O EW SPECTRA é compatível com este modelo.


Rafale C01 em voo de cruzeiro




Vendo que todas estas mudanças foram já realizadas e testadas neste protótipo, caso o Brasil venha a adquirir o pacote RAFALE no FX2 futuras melhorias neste programa poderiam advir, podendo a FAB utilizar isso em própria vantagem no cenário das forças aéreas da América latina, em suma, a FAB poderia ser a primeira força aérea da região a possuir uma aeronave com baixissimo RCS.




Vemos assim que o Rafale C01 completa ainda mais a capacidade de combate da FAB, e ainda tem a vantagem de ser uma aeronave já testada e pronta para entrega... ou pode ainda servir como parâmetro para modificações de outras unidades novas que o Brasil venha a adquirir, ou seja os Rafale F3.




Rafale C01 Taxiando.



Arte Grafica do Rafale C01




Valeu e Abraço a todos, e deixe um comentário sobre este trabalho!
Francoorp.


2 comentários:

  1. seria uma otima arma contra caças nao "steath"(mas precisamente com o rcs maior que o seu)
    mas ainda não chega a ser um caça de 5ª geração

    ResponderExcluir
  2. Sem duvida não é uma aeronave de 5° Geração, eu mesmo em momento algum disse que era de 5° Geração.

    Esta versão do Rafale é uma aeronave de 4° Geração(ou 4,5° Geração) com uma vantagem de redução do RCS sobre as demais de mesma Geração, so isso.

    Para se ter uma de 5° Geração seria necessário fazer uma aeronave completamente nova como é o caso do F-22 e do PAK-FA por exemplo.

    E nenhuma aeronave da mesma geração do Rafale pode ser comparado com os de 5° Geração, mesmo com materiais absorventes incorporados, estes não são projetados para ser um Stealth puro, mas somente para integrar uma melhoria ou modernização para se reduzir o RCS... e isso vale para todos os dessa Geração do Rafale, sejam os Gripens, F-18, SU-35, Etc, todos estes podem sim fazer uso de materiais RAM, mas nenhum deles será de 5° Geração.

    Valeu !!

    ResponderExcluir